Energia Elétrica (Glossário)

PTS. Manual 164. Conceitos. Energia elétrica

Advertência legal.

Alta Tensão (AT): tensão superior a 1.000 volts em corrente alternada ou 1.500 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra. (NR 10 – Glossário).

Atividades perigosas com energia elétrica. São consideradas atividades perigosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, aquelas que, por sua natureza ou métodos de trabalho, impliquem risco acentuado em virtude de exposição permanente do trabalhador a energia elétrica. (Artigo 193 da CLT. Transcrição parcial)

 Área Classificada: local com potencialidade de ocorrência de atmosfera explosiva. (NR 10 – Glossário).

Aterramento Elétrico Temporário: ligação elétrica efetiva confiável e adequada intencional à terra, destinada a garantir a equipotencialidade e mantida continuamente durante a intervenção na instalação elétrica. (NR 10 – Glossário).

Atmosfera Explosiva: mistura com o ar, sob condições atmosféricas, de substâncias inflamáveis na forma de gás, vapor, névoa, poeira ou fibras, na qual após a ignição a combustão se propaga. (NR 10 – Glossário).

Baixa Tensão (BT): tensão superior a 50 volts em corrente alternada ou 120 volts em corrente contínua e igual ou inferior a 1000 volts em corrente alternada ou 1500 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra. (NR 10 – Glossário).

Barreiras (NR 10 Comentada): dispositivo que impede todo e qualquer contato com as partes vivas. As barreiras não devem ser removíveis sem o uso de chaves ou ferramentas ou, alternativamente, sem que as partes protegidas sejam previamente desligadas.

Condições de periculosidade. O trabalho em condições de periculosidade assegura ao empregado um adicional de 30% (trinta por cento) sobre o salário sem os acréscimos resultantes de gratificações, prêmios ou participações nos lucros da empresa.

Dimensões estabelecidas para definição de zona controlada e zona de risco, de acordo com o nível de tensão: (Conforme NR 10)

ZL ZR ZC

Tabela 1: Tabela de raios de delimitação de zonas de risco, controlada e livre.
Faixa de tensão nominal da instalação elétrica em KV Rr – Raio de delimitação entre zona de risco e controlada em metros Rc – Raio de delimitação entre zona controlada e livre em metros
<1 0,20 0,70
1 e <3 0,22 1,22
3 e <6 0,25 1,25
6 e <10 0,35 1,35
10 e <15 0,38 1,38
15 e <20 0,40 1,40
20 e <30 0,56 1,56
30 e <36 0,58 1,58
36 e <45 0,63 1,63
45 e <60 0,83 1,83
60 e <70 0,90 1,90
70 e <110 1,00 2,00
110 e <132 1,10 3,10
132 e <150 1,20 3,20
150 e <220 1,60 3,60
220 e <275 1,80 3,80
275 e <380 2,50 4,50
380 e <480 3,20 5,20
480 e <700 5,20 7,20

Equipamento de proteção coletiva (EPC): dispositivo, sistema, ou meio, fixo ou móvel de abrangência coletiva, destinado a preservar a integridade física e a saúde dos trabalhadores, usuários e terceiros. (NR 10 – Glossário).

Equipamento elétrico em situação de risco. O Decreto  93.412/1986, que regulamenta a periculosidade para a energia elétrica, conceitua como equipamentos elétricos em situação de risco aqueles cujo contato físico ou cuja exposição aos efeitos da eletricidade possam resultar em incapacitação, invalidez permanente ou morte.

Equipamento segregado: equipamento tornado inacessível por meio de invólucro ou barreira. (NR 10 – Glossário).

Eventual. (Contato Eventual). “A eventualidade desse contato, todavia, não pode ser confundida com a intermitência da exposição ao risco. Registre-se que eventual é sinônimo de acidental, de casual, de fortuito; ou seja, o contato do empregado com o agente de risco, nessas circunstâncias, depende do acaso ou de acontecimento incerto, ou ainda de um imprevisto”. (Tribunal Superior do Trabalho. Acórdão. 1ª. Turma).

Eventual (Exposição eventual). “É a exposição acidental, casual, fortuita; ou seja, o contato do empregado com o agente de risco ou nocivo, depende do acaso ou de acontecimento incerto, ou ainda de um imprevisto”.

Extrabaixa tensão (EBT): tensão não superior a 50 volts em corrente alternada ou 120 volts em corrente contínua, entre fases ou entre fase e terra. (NR 10 – Glossário).

Impedimento de Reenergização: condição que garante a não energização do circuito através de recursos e procedimentos apropriados, sob controle dos trabalhadores envolvidos nos serviços. (NR 10 – Glossário).

Influências Externas: variáveis que devem ser consideradas na definição e seleção de medidas de proteção para segurança das pessoas e desempenho dos componentes da instalação. (NR 10 – Glossário).

Instalação Elétrica: conjunto das partes elétricas e não elétricas associadas e com características coordenadas entre si, que são necessárias ao funcionamento de uma parte determinada de um sistema elétrico. (NR 10 – Glossário).

Instalação Liberada para Serviços (BT/AT): aquela que garanta as condições de segurança ao trabalhador por meio de procedimentos e equipamentos adequados desde o início até o final dos trabalhos e liberação para uso. (NR 10 – Glossário).

 Invólucro (NR 10 Comentada): Dispositivo ou componente envoltório de separação das partes energizadas com o ambiente, destinado a impedir qualquer contato com partes internas energizadas (quadros, caixas, gabinetes, painéis…). (Tratado no anexo B da NBR-5410/2005).

Isolamento Elétrico: processo destinado a impedir a passagem de corrente elétrica, por interposição de materiais isolantes. (NR 10 – Glossário).

Obstáculo: elemento que impede o contato acidental, mas não impede o contato direto por ação deliberada. (NR 10 – Glossário).

Operações perigosas (com energia elétrica). São consideradas operações perigosas, na forma da regulamentação aprovada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, aquelas que, por sua natureza ou métodos de trabalho, impliquem risco acentuado em virtude de exposição permanente do trabalhador a energia elétrica. (Artigo 193 da CLT -adaptado ao conceito)

Perigo: situação ou condição de risco com probabilidade de causar lesão física ou dano à saúde das pessoas por ausência de medidas de controle. (NR 10 – Glossário).

Pessoa advertida: pessoa informada ou com conhecimento suficiente para evitar os perigos da eletricidade. (NR 10 – Glossário).

Pessoa advertida (BA4): pessoa suficientemente informada, ou supervisionada por pessoas qualificadas, de tal forma que lhes permita evitar os perigos da eletricidade. (NBR 5410)

Pessoa qualificada (BA5): pessoa com conhecimento técnico ou experiência suficiente para evitar os perigos da eletricidade. (NBR 5410).

Ponto energizado (PE). Ponto da instalação que está energizado. (Interpretação da NR 10 – Glossário)

Procedimento: sequência de operações a serem desenvolvidas para realização de um determinado trabalho, com a inclusão dos meios materiais e humanos, medidas de segurança e circunstâncias que impossibilitem sua realização. (NR 10 – Glossário).

Prontuário: sistema organizado de forma a conter uma memória dinâmica de informações pertinentes às instalações e aos trabalhadores. (NR 10 – Glossário).

Risco: capacidade de uma grandeza com potencial para causar lesões ou danos à saúde das pessoas. (NR 10 – Glossário).

Riscos Adicionais: todos os demais grupos ou fatores de risco, além dos elétricos, específicos de cada ambiente ou processos de trabalho que, direta ou indiretamente, possam afetar a segurança e a saúde no trabalho. (NR 10 – Glossário).

Sinalização: procedimento padronizado destinado a orientar, alertar, avisar e advertir.  (NR 10 – Glossário).

Sistema Elétrico: circuito ou circuitos elétricos inter-relacionados destinados a atingir um determinado objetivo. (NR 10 – Glossário).

Sistema Elétrico de Potência (SEP): conjunto das instalações e equipamentos destinados à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica até a medição, inclusive.  (NR 10 – Glossário).

Superfície isolante: superfície isolante construída com material resistente e dotada de dispositivos de segurança (NR 10)

Tensão de Segurança: extra baixa tensão originada em uma fonte de segurança. (NR 10 – Glossário).

Trabalho em Proximidade: trabalho durante o qual o trabalhador pode entrar na zona controlada, ainda que seja com uma parte do seu corpo ou com extensões condutoras, representadas por materiais, ferramentas ou equipamentos que manipule. (NR 10 – Glossário).

Travamento: ação destinada a manter, por meios mecânicos, um dispositivo de manobra fixo numa determinada posição, de forma a impedir uma operação não autorizada. (NR 10 – Glossário).

Zona Controlada (ZC): entorno de parte condutora energizada, não segregada, acessível, de dimensões estabelecidas de acordo com o nível de tensão, cuja aproximação só é permitida a profissionais autorizados. (NR 10 – Glossário)

 Zona Livre (ZL): entorno de parte condutora energizada em distância maior que a Zona Controlada.

Zona de Risco (ZR): entorno de parte condutora energizada, não segregada, acessível inclusive acidentalmente, de dimensões estabelecidas de acordo com o nível de tensão, cuja aproximação só é permitida a profissionais autorizados e com a adoção de técnicas e instrumentos apropria dos de trabalho. (NR 10 – Glossário)